Tretas e Cenas

Tretas e Cenas


Onde escrevo as minhas tretas. Tão depressa estou a escrever sobre algo poético como a seguir escrevo só para não me esquecer.

Dezembro 2015
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Categorias


Mercado Tradicional vs O Outro

Pedro FonsecaPedro Fonseca
O Cenário

Armado em Bob o Contructor, decidi mudar as cordas do estendal e dar uma geral nas janelas da cozinha. Tirei uma janela, virei para mudar os rolamentos, fiz a troca, quando fui a montar a janela no sitio, não entrava. Fiz um pouco mais de força e PIMBA, lá se partiu o vidro. Bonito serviço, agora não tinha uma janela da cozinha, a um domingo à hora de almoço e não podia ficar sem janela, afinal era uma exterior.

A procura

O primeiro nome que me ocorreu, Leroy Merlin, afinal os moços trabalham ao domingo e devem ter vidros. Peguei na moldura de alumínio e nas borrachas e lá pus pés ao caminho. Quando lá cheguei fui informado que não tinham, estava esgotado. Pedi recomendações de outro sitio, não sabiam. Estava tramado, pensei.

A solução

Foi então que me lembrei que perto de onde moro existe uma loja de vidros, nunca lá tinha ido, mas sabia que existia. Decidi arriscar, cheguei lá e estava fechada. Porra, estava com azar. Foi então que decidi tentar a minha sorte. Peguei no telefone e liguei para o telemóvel do Sr Manuel, dono da loja e que tinha o cartão de visita colado na porta.

O Sr Manuel estava a almoçar, dava para perceber pelo som que fazia ao falar. Disse-me que por volta das 15/16 me ligava, quando estivesse na loja. Eram 15:25 liga-me a dizer que está a caminho. Cheguei primeiro que ele à loja, entrego a moldura de alumínio e as borrachas. Em menos de 10 minutos resolve o assunto. Peço mais uma vez desculpa por incomodar a um domingo, mas o Sr Manuel responde “Sempre que precisar é só dizer”.

A Reflexão

Agora digo eu em género de desabafo, tanta merda com as lojas todas “pipis” ( Leroy, Aki, MaxMat e outras ), cheias de tretas com produtos vistosos que custam mais caro que noutro lado qualquer e depois quando é preciso alguma coisa a sério só nos conseguimos safar no mercado local/tradicional.

É aqui que o mercado tradicional dá 10 a zero ao outro tipo de mercado. Está sempre disponível, com simpatia e com preços bem em conta. Obrigado Sr Manuel pela ajuda, valeu mesmo a pena.

Sou licenciado em Sistemas de informação na Universidade Lusófona, gosto de tecnologia, programação, desportos radicais, bicicletas e motas. Adoro o Sistema Android e começo a gostar de Linux. E ainda tenho a mania que sei cozinhar.

Comentários 0
Ainda não existem comentários