Tretas e Cenas

Tretas e Cenas


Onde escrevo as minhas tretas. Tão depressa estou a escrever sobre algo poético como a seguir escrevo só para não me esquecer.

Setembro 2015
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias


Monte dos Pintos – Um tesouro que nunca seja descoberto

Pedro FonsecaPedro Fonseca

Este artigo custou-me a escrever e ainda mais a divulgar, já passaram dois meses da minha visita a este sitio e ainda estava com dúvidas se devia escrever e até partilhar a minha experiência, isto porque não quero que este sitio seja conhecido, quero-o só para mim, invejosamente, afinal trata-se de um lugar fantástico e só espero que nunca venha a ser frequentado pelas massas. Está tão bem assim, proporciona bons tempos de descanso e divertimento.

Obviamente estou a ser egoísta e a descurar a parte económica do negócio que ali existe, mas por favor não mudem, está fantástico assim.

Enquadramento

Estávamos em Julho e era preciso marcar uns dias de férias em algum sitio onde as crianças pudessem desfrutar de uma piscina sem incomodar terceiros, sabia que a pesquisa iria ser interessante mas encontrar algo realmente bom a um preço satisfatório era algo que não estava a contar, afinal a esta altura já está tudo reservado. Este vai ser o meu relato sobre um dos melhores sítios onde estive a passar férias em Portugal, desde sempre até agora, e olha que eu já percorri uns quantos sítios neste nosso canto.

Onde fica?

Situado no distrito de Portalegre, no município Arronches, fica a 2h:30m de distância de Lisboa. A viagem faz-se muito bem pela auto-estrada. Enquadrado na Serra do Marvão e a escassos quilómetros de Espanha é o sitio perfeito para apreciar a natureza e o descanso que ela proporciona.

MONTE DOS PINTOS

A gestão corrente é feita pelo Sr João, pela esposa ( que agora me falta o nome, peço desculpa ), o “ajudante” Francisco e a Carla, que é a “moça” das reservas/gestão do site/das redes sociais e outras tantas coisas.

O Monte dos Pintos cobre uma área total ( usei o Google Maps para medir e assumi que a propriedade que está marcada pertence ao Monte dos Pintos, apenas por causa dos muros que o envolvem ) de mais de 72 mil metros quadrados, onde a área útil ( onde temos infraestruturas ) é de quase 4 mil metros quadrados ( contei com o canil, apesar de não o ter usado para os meus animais de estimação )

Google MapsGoogle Maps_2

infraestruturas

O Monte dos Pintos conta com uma infraestrutura de fazer inveja a muitos resorts de luxo, se tivermos em conta os aspectos da qualidade, simpatia, descanso proporcionado e preço final.

Começando pelo estacionamento para as viaturas, basta dizer que dos 72 mil metros quadrados o que não falta é espaço. Nós ficamos com os carros perto da entrada principal porque dava mais jeito e não incomodava. Obrigado por isso Sr João.

O Monte dos Pintos é abastecido para rega por um poço, que dá imenso jeito. Por esse motivo o Monte dos Pintos é rodeado, pelo menos na área útil, de relvado. Regado todos os dias bem cedo ( antes do senhor do pão chegar ), religiosamente pelo Sr João e pelo Francisco.

O Monte dos Pintos conta também com uma casa, chamam-lhe o Salão de Jogos, onde lá dentro se pode encontrar, uma mesa de bilhar/snooker ( ainda fizemos umas partidas, eu e o Francisco deixámos o Sr João e o seu parceiro ganhar, afinal os velhotes precisam de alegrias ), uma TV com sinal por cabo, uma consola (PS2) com jogos para os miúdos, mas acredito que se pode levar a nossa consola e ligar lá, o Sr João deixa de certeza. Tem ainda uns sofás enormes que dá para montes de gente, ao lado temos uma mesa de refeições com uma lareira enorme ( como era verão, nem lhe chegámos perto ) e por fim uma cozinha com tudo o que se pode necessitar mas o que me surpreendeu foi ter dois frigoríficos e uma arca frigorífica de bebidas, que deu imenso jeito. Ainda conta com um WC para as horas de aperto 🙂

DSC_0375

Na parte frontal deste Salão temos duas mesas de Ping-Pong, que o Sr João fez questão de mostrar como joga bem e quando eu estava quase a apanhar o jeito para lhe ganhar pelo menos uma vez, “inventou” uma doença que não jogou mais. Passado uns dias já tinha recuperado, mas deixei-o ficar com o sabor a vitória, afinal não queremos entristecer uma pessoa doente :). A juntar às mesas, temos uma rede de dormir e uma cadeira de três pessoas de baloiço.

Por detrás deste Salão, temos chuveiros ( uns 6 ou 7 ) e ainda uns lavatórios ( 2 ou 3 ), a mim deu imenso jeito porque sempre tomava o banho matinal ( depois da corrida ) e não acordava o pessoal que ainda estava a dormir na casa.

Ao lado do Salão, temos um campo de futebol com areia de rio e duas balizas. Joguei lá 5 minutos e lesionei um pé. Eu bem avisei que não sabia jogar, mas pronto. Quem for amante dessa coisa, tem lá espaço para o fazer.

DSC_0324

Junto à casa onde ficámos existe um pequeno alpendre que tem matraquilhos e ainda um cesto de basket para quem estiver numa de Magic Jonhson.

A casa contava com uma suite com casa de banho, mais um quarto, sala, outra casa de banho e ainda uma cozinha. Devo dizer que ficaram nesta casa 4 adultos e quatro crianças, uma delas com 7 meses. Deu perfeitamente e ficámos muito bem instalados. Temos TV por cabo, internet suficiente para ver email e navegar.

Mas a jóia da coroa é a área da piscina ( pelo menos no verão ), com uma profundidade a rondar os 150 cm, os putos ficam malucos. Podem saltar, pular, nadar e sem incomodar ninguém. A juntar à piscina estão umas cadeiras de praia e uns chapéus de sol, que dão imenso jeito. Quando o sol começa a baixar e apetece uns grelhados, existe mesmo ao lado da piscina um grelhador que o Sr João explica como funciona. Pelo menos a mim ensinou-me mais uma técnica de fazer fogo apenas com pinhas e carvão. Que ricos grelhados que lá se faz.

DSC_0322

DICAS

O Monte dos Pintos fica a 20 minutos de Portalegre e a uns 10 de Arronches. Neste último só existe um Minipreço com muito pouca coisa, já em Portalegre existe todos os Hipers que se conhece com imensa escolha. Portanto, as compras convém fazer em Portalegre e planear as refeições dos próximos dias, porque viajar 40 minutos todos os dias para ir buscar alguma coisa é sempre chato.

Se és amante das corridas, o que não falta é espaço para isso. Aconselho a levantar cedo e ir conhecer Esperança, uma terra que fica a 5km, ir e vir são 10km. Sempre dá para suar 🙂

Pratica o teu Snooker e Ping-Pong antes de ires, senão o Sr João e o Francisco dão-te uma “abada” que nem vais ter vontade de contar aos teus amigos como foi.

Não existe rede de telemóvel, ou melhor, existe mas muito pouca rede e em sítios muito concretos, portanto, desliga-o e desfruta do descanso, se queres comunicar com o mundo, podes sempre mandar email 🙂

FOTOGALERIA

Por ser extensa, não a vou colocar aqui no Blog. Vou antes deixar o link para que possas ver com melhor qualidade.

conclusão

Espero realmente que tenhas gostado da descrição que fiz e que eu tenha conseguido transmitir o bem que se está nos Monte dos Pintos. Aconselho vivamente em lá ires uns dias, vais ver que não te arrependes. Isto porque o Monte dos Pintos é uma preciosidade que ainda não foi descoberta pelas massas e isso é algo muito bom.

Ao Sr João e ao Francisco o meu muito obrigado pelo tempo que nos proporcionaram, pela vossa simpatia e pela hospitalidade com que nos receberam. Sei que saí do Monte dos Pintos com mais dois amigos, foi realmente um prazer conviver convosco, espero que continuem assim e não mudem.

Agora, que já se acabaram os dias de férias para 2015, pode ser que em 2016 vos faça uma visita num fim de semana de inverno para ver a outra vertente do Monte dos Pintos.

Um bem aja e muita sorte nesta aventura do turismo rural.

Sou licenciado em Sistemas de informação na Universidade Lusófona, gosto de tecnologia, programação, desportos radicais, bicicletas e motas. Adoro o Sistema Android e começo a gostar de Linux. E ainda tenho a mania que sei cozinhar.

Comentários 0
Ainda não existem comentários