Tretas e Cenas

Tretas e Cenas


Onde escrevo as minhas tretas. Tão depressa estou a escrever sobre algo poético como a seguir escrevo só para não me esquecer.

Julho 2014
S T Q Q S S D
« Dez   Ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Categorias


Piri-Piri à moda do Luis Cunha

O molho de piri-piri que o Cunha me ensinou a fazer

Pedro FonsecaPedro Fonseca

O meu amigo Luis Cunha (LC) faz um piri-piri daqueles potentes. Em tempos deu-me uma frasco com o liquido precioso mas com o tempo, acabou-se. Então pedi-lhe a receita para que pudesse fazer, depois de receber a receita percebi que ele tinha dito 1/3 disto, 1/3 daquilo e pensei logo que tinha de colocar medidas exactas na coisa.

Aqui em casa usa-se muito este molho para temperar quase tudo, especialmente os caracóis quando é altura deles.

Então aqui vai a minha receita, com base na do LC.

Ingredientes

Modo de preparação

  1. Partir as malaguetas em pedaços e reservar;
  2. Deitar o azeite numa frigideira e fritar por alguns minutos metade das malaguetas;
  3. Retirar da frigideira todo o conteúdo e colocar no frasco;
  4. Juntar as restantes malaguetas, alho e louro;
  5. Juntar os restantes líquidos;
  6. Fechar o frasco e deixar “marinar”.

Quanto mais dias estiver a marinar, mais picante ficará este molho de piri-piri. Tens alguma sugestão que deva ter em conta? Deixa-me um comentário que terei todo o gosto em testar e ver o resultado, afinal o objectivo é ser realmente picante.

 

Now in English 🙂

My friend Luis Cunha (LC) makes a piri-piri sauce that’s so potent, once he gave me one little bottle with that precious liquid, with time, it ended. Then I asked him for the recipe so i could make it on my own. Once he send it over, he wrote:  One third of this, one third of that. Immediately thought that this needed some measures and some science on it.

This sauce is used alot around here, specially in the snail season.

Here it goes, the LC recipe with my twist.

Ingredients

How to do it

  1. Cut the chilies in pieces and reserve
  2. Pour the olive oil in a frying pan and fry, for a few minutes, half the chilies;
  3. Remove from the pan and put all the content in the bottle;
  4. Add the remaining chilies, garlic and bay leafs;
  5. Add remaining liquids;
  6. Close the jar and let “marinate” in a dark warm place.

The more days you let it marinate the more spicy will be. Do you have any suggestion that it should take into account? Leave me a comment. I’ll be happy to test and see the result, ultimately the goal is to be really spicy.

Sou licenciado em Sistemas de informação na Universidade Lusófona, gosto de tecnologia, programação, desportos radicais, bicicletas e motas. Adoro o Sistema Android e começo a gostar de Linux. E ainda tenho a mania que sei cozinhar.

Comentários 8
  • Bruno
    Posted on

    Bruno Bruno

    Responder Autor

    Bom, vou testar a receita!
    Cá por casa somos muito fãs de picante, e como tenho dois vasos com malaguetas mesmo à mão, não vai passar de hoje!


  • Daniel Pereira
    Posted on

    Daniel Pereira Daniel Pereira

    Responder Autor

    Boa noite Pedro,
    Venho te perguntar se alguma vistes os produtos que tenho, pois apenas semeei uns pimentos castanhos à dois anos, mas conforme foi passando o Tempo, fui colocando os pimentos junto de várias qualidades de piripiris e malaguetas. Resultado: Pimentos castanhos pequenos e extremamente picantes, malaguetas enormes castanhas e muito picantes, uns castanhos do feitio da jolokia , enfim várias qualidades mas de cor castanha, só não afectou os piripiris ( sininhos ) e a pimenta dos Açores. Será normal e já existe à muito tempo ou fiz asneira em colocar os pimentos castanhos junto do resto?
    De referir que apesar de picantes, tirando as sementes e o veio principal, são extremamente gostosos. O que achas? Pergunto, porque estou a montar uma estufa a pensar em continuar a criar destas espécies picantes.
    Espero uma resposta tua ou de alguém.
    Obrigado!


    • Pedro Fonseca
      Posted on

      Pedro Fonseca Pedro Fonseca

      Responder Autor

      Olá Daniel,

      Eu diria que essas experiências são sempre bem vindas, afinal se correr mal não se perde muito. Diria que tens de ver se o resultado final trás valor acrescentado ao piri-piri que fazes no fim.

      Quando tiveres esses produtos, diz-me como posso comprar alguns para testar.


  • Alberto Coutinho
    Posted on

    Alberto Coutinho Alberto Coutinho

    Responder Autor

    Olá pedro fonceca
    Vou esperimentar depois digo alguma coisa.
    Adoro picante.


    • Pedro Fonseca
      Posted on

      Pedro Fonseca Pedro Fonseca

      Responder Autor

      Olá Alberto,

      Fixe. Eu tenho aqui malaguetas de Moçambique e ficou um espectáculo.


  • Francisco
    Posted on

    Francisco Francisco

    Responder Autor

    olá Pedro
    julgo que deves juntar ao teu piripiri uma cabeça (opcional) de cravinho.
    depois diz-me


    • Pedro Fonseca
      Posted on

      Pedro Fonseca Pedro Fonseca

      Responder Autor

      Vou ter isso em conta da próxima vez que fizer. Obrigado pela dica.